Portugal 2020 Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional
 
Ficha de Projeto
 
Designação do Projeto
Projeto de inovação que concerne à fabricação de barreiras de proteção para pontos de venda ao publico.
 
Código do Projeto
CENTRO-02-08B9-FEDER-047999
 
Objetivo Principal
Apoio ao Investimento na Produção de Bens e Serviços Relevantes para o COVID19
 
Região de Intervenção
Centro
 
Entidade Beneficiária
RECLANGOL - RECLAMOS LUMINOSOS DE PORTUGAL LDA,
 
Data de Aprovação
05/05/2020
 
Data de Início
01/06/2020
 
Data de Conclusão
31/07/2020
 
Custo Total Elegível
€ 168.768,00
 
Apoio Financeiro da União Europeia
FEDER – € 135.014,40
 

Objetivos, atividades e resultados esperados
 
Com o presente projeto, a Reclangol procura alargar o portfólio de produtos, passando a produzir barreiras de proteção em acrílico para qualquer profissional que esteja em contacto com o público, protegendo-o assim do risco de contágio pela proximidade que qualquer posto de atendimento ou contacto ao público requer.
 
Este produto terá um vasto potencial e público alvo dado que pode ser fornecido a empresas, instituições públicas, farmácias, comércio em geral, hotelaria e restauração, polícia, bombeiros, hospitais, entre muitos outros. O objetivo passa pela comercialização destas barreiras de proteção em Portugal e em mercados externos.
 
Os investimentos a realizar passam sobretudo pela compra de uma máquina a laser, uma fresadora, uma guilhotina e uma quinadeira que farão a produção do produto final, bem como de outros equipamentos de apoio às mesmas e que permitirão o seu funcionamento intrínseco.
 
Isto permitirá à empresa adaptar a sua produção face ao possível atualmente, responder às necessidades de mercado face ao COVID-19 e colmatar a diminuição previsível do negócio atual da empresa perante a pandemia, beneficiado do conhecimento adquirido ao longo dos anos pela organização na utilização deste tipo de materiais que eram, até à data, desenvolvidos externamente.
 
A empresa dará um passo competitivo, em termos de processos e até de organização, implicando inclusivamente utilizar não só os recursos humanos já existentes como também contratar mais um colaborador especializado para operar a máquina de CNC a adquirir.
 
Através do investimento que se propõe realizar no âmbito do projeto, a empresa espera vir a aumentar a faturação anual em 160 mil euros. Este valor é relativo a cerca de 3200 barreiras de proteção, a um valor médio de 50 euros por unidade.